14 C
Taboão da Serra
segunda-feira, maio 23, 2022
InícioBrasilPolícia Civil do RJ cria força tarefa para combater crimes eleitorais

Polícia Civil do RJ cria força tarefa para combater crimes eleitorais

Depois de dois assassinatos de candidatos a vereador na Baixada Fluminense nos últimos 15 dias, a Polícia do Rio de Janeiro decidiu criar uma força-tarefa para combater os crimes eleitorais no Estado. As divisões de homicídio da Polícia Civil e unidades especializadas da instituição vão atuar na prevenção de crimes na época de corrida eleitoral. Outro objetivo é garantir a segurança dos eleitores e evitar influencia de traficantes e milicianos na votação programada para o mês de novembro.

Um levantamento feito pela Polícia Civil, apresentado recentemente, revelou que dos 5 mil locais de votação no Estado, 672 sessões ficam em áreas de grande atuação do tráfico e de milicianos. Nessas áreas vivem quase 2 milhões de eleitores — 15% do eleitorado de todo o Estado do Rio de Janeiro. No final de semana, o candidato a vereador em Nova Iguaçu, Domingos Cabral foi morto a tiros quando estava em um bar com amigos. Há duas semanas, outro candidato, Mauro Miranda, também foi morto a tiros em um cerco de criminoso. Os dois casos são investigados pela divisão de homicídios da Baixada Fluminense.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

- Advertisment -spot_img

Mais notícias