21.2 C
Taboão da Serra
quinta-feira, junho 24, 2021
Início Taboão da Serra Maio Roxo alerta para a conscientização de doenças inflamatórias intestinais

Maio Roxo alerta para a conscientização de doenças inflamatórias intestinais

Entre as campanhas de conscientização em saúde ao longo do ano, o quinto mês do calendário marca o chamado Maio Roxo, que alerta para a prevenção e tratamento de Doenças Inflamatórias Intestinais (DIIs), como a Doença de Crohn e a Retocolite Ulcerativa. Pesquisa mais recente realizada pela Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD) com cerca de 3 mil entrevistados apontou que 78% deles eram afetados pelas doenças.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Parte dos sintomas são diarreia crônica, cólicas intestinais e sangramento pelo reto para ambas as enfermidades. Em particular, a Retocolite atinge o reto e intestino grosso, enquanto a Doença de Crohn chega a acometer o sistema digestório por completo. Estágios mais avançados podem evoluir para a perfuração ou estreitamento do intestino e até manifestação oncológica das doenças e necessidade de cirurgia. A Sociedade Brasileira de Coloproctologia indica que o exame de colonoscopia é o responsável por fornecer o diagnóstico correto.

Para Luciana Rodrigues da Silva, coordenadora do curso de Biomedicina da Faculdade Anhanguera, “Ao menor sinal de sintomas das doenças é recomendado a busca por um médico especialista para que o tratamento adequado seja prescrito”, diz. A coordenadora lista outras manifestações que podem afetar os pacientes:

Dor abdominal e febre;
Distensão abdominal, sangue ou muco nas fezes;
Falta de vitamina e a consequente queda de cabelo e perda de peso excessiva;
Manifestação em outras partes do corpo como inflamação nos olhos, nas articulações e na pele, hepatites e trombose.

“Hoje, o tratamento mais indicado para as DIIs é o que considera medicamentos biológicos. São eles os responsáveis por uma resposta mais rápida do organismo de pacientes em estágios grave a moderado. Mas também há a opção com antibióticos e corticoides. Recomenda-se ainda, que os pacientes evitem dietas com alimentos à base de lactose e fibras”, comenta Luciana. ”Autoridades de saúde aconselham um estilo de vida ativo e saudável, visto que o tratamento é efetivo no controle dos sintomas, uma vez que as doenças não têm cura. Por isso a importância do diagnóstico precoce”, finaliza.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O post Maio Roxo alerta para a conscientização de doenças inflamatórias intestinais apareceu primeiro em O Taboanense.

- Advertisment -

Mais notícias

Como os vinhedos influenciam o vinho?

O empresário Marco Carbonari é especialista em vinhos há mais de 10 anos. Além disso, é proprietário de uma renomada vinícola no...

Rugas: Deise Zuqui revela como tratar e evitar o aparecimento

De acordo com a esteticista Deise Zuqui, as rugas podem surgir por vários motivos diferentes, desde noites mal dormidas. Deise Zuqui conta...

Como acabar de vez com o cabelo ressecado?

A fashionista Deise Zuqui é empresária e apaixonada pelo mundo da beleza e da moda, com anos de experiência neste ramo, hoje,...

Suíça, um dos destinos mais belos da Europa – Rota de Viagem

Mundialmente conhecida pelos seus chocolates excepcionais, Marcio Alario Esteves - blogueiro e viajante - revela que a Suíça é composta por cenários...