21.5 C
Taboão da Serra
quarta-feira, março 3, 2021
Início Taboão da Serra Bombeiros localizam corpo que pode ser de mulher desaparecida durante chuva em...

Bombeiros localizam corpo que pode ser de mulher desaparecida durante chuva em SP


Rosana Correia desapareceu durante temporal da última terça-feira (29). Ela estava com o marido Lúcio, que foi encontrado morto na quinta-feira (31). O corpo que pode ser dela foi achado nas margens do Rio Pinheiros, próximo da Usina Elevatória de Traição, e encaminhado para identificação. Rosana Correia desapareceu na terça-feira (29). O marido Lúcio foi encontrado morto na quinta-feira (31).
Acervo pessoal
O Corpo de Bombeiros localizou nesta terça-feira (5) um corpo que pode ser de Rosana Correia, que desapareceu no temporal que atingiu a cidade de São Paulo na terça-feira (29). O corpo foi encontrado por volta das 11h17 nas margens do Rio Pinheiros, próximo da Usina Elevatória de Traição, e encaminhado para identificação.
Rosana Correia estava com o marido na Avenida Carlos Caldeira Filho, na Zona Sul, quando foram surpreendidos pela forte chuva que cai na cidade na terça-feira. O casal pode ter sido arrastado pela enchente e o corpo de Lúcio Correia foi encontrado na quinta-feira (31).
Em carta aberta, a família agradeceu pelo apoio dos amigos e da comunidade nas buscas pelo casal: “Ainda estamos muito abalados por tudo o que aconteceu com a nossa família e estamos vivendo dias de luto. Neste momento tão delicado, optamos pela discrição e reclusão”.
“O Lúcio e a Rosana eram um casal unido e de bom coração que nos faziam acreditar nas coisas boas da vida. Foi um prazer imenso para todos nós da família ter convivido com eles nessa jornada”, afirma a carta.
Sete pessoas morreram na região Metropolitana vítimas da chuva
Bombeiros seguem nas buscas por mulher desaparecida durante enxurrada na Zona Sul de SP
O casal saiu da Diretoria de Ensino Sul – 2, da Secretaria Estadual da Educação e deram uma carona para um amigo. Não há informações sobre o que pode ter acontecido, mas Rosana e Lúcio sumiram e o colega sobreviveu.
Na tarde de terça-feira, a Zona Sul foi a região mais atingida pela chuva — foram 125 mm só na região do Campo Limpo.
Nas redes sociais, o secretário da Educação, Rossieli Soares, escreveu que a Educação paulista estava de luto. “Estamos absolutamente consternados pela perda do nosso colaborador Lúcio Correira, durante a tempestade que assolou nossa capital e algumas outras cidades.” Colegas do casal comentaram a publicação e prestaram homenagens.
Além do casal, seis pessoas de uma outra família morreram depois de um deslizamento de terra e um homem foi encontrado em bueiro em Embu das Artes, após ter sido arrastado na enchente.
7 pessoas morreram em Taboão da Serra vítimas da chuva
Vídeos: Tudo sobre São Paulo e Região Metropolitana
a

- Advertisment -

Mais notícias

Raya e o Último Dragão é a estreia da semana no Shopping Taboão

Dois filmes estreiam nesta quinta-feira, dia 4, no cinema Multiplex Shopping Taboão, Raya e o Último Dragão e a produção nacional, Lucicreide Vai Pra...

Via Rápida Emprego abre 100 vagas para cursos de qualificação profissional em Juquitiba

O programa Via Rápida Emprego, do Governo do Estado de São Paulo, está com 100 vagas abertas em Juquitiba para cursos profissionalizantes. As inscrições...

Vereadora Joice Silva passa bem após cirurgia cardíaca de emergência

A vereadora de Taboão da Serra, Joice Silva, 38 anos, passa bem após ser submetida a uma cirurgia de emergência na manhã desta quarta-feira,...

Senac Taboão da Serra destaca cursos EAD com inscrições abertas para 2021

O Senac Taboão da Serra, na Grande São Paulo, destaca que os cursos EAD estão com inscrições abertas para as turmas de 2021. São...