14.5 C
Taboão da Serra
quarta-feira, setembro 22, 2021
Início Política Os temores que cercaram o ‘jantar da paz’ entre Maia e Guedes

Os temores que cercaram o ‘jantar da paz’ entre Maia e Guedes

Antes do jantar da paz realizado na última segunda-feira entre Paulo Guedes e Rodrigo Maia, Arthur Lira — um dos líderes do Centrão —  tentou a todo custo convencer o Palácio do Planalto a abortar o convescote.

A aproximação de Maia com Guedes — e com o Planalto –, é péssimo negócio para Lira, que lutará contra o grupo de Maia pelo comando da Câmara.

Foi essa, inclusive, a justificativa para que o jantar fosse abortado: não influenciar na corrida sucessória da Casa.

ATUALIZAÇÃO, 19H30 — A assessoria de Arthur Lira nega que o deputado tenha atuado para derrubar o jantar da paz entre Guedes e Maia, como confirmaram ao Radar fontes do Planalto e articuladores do próprio convescote.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Mais notícias

Oito cidades da Grande SP adiam aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 após impasse sobre marca da vacina

Motivo é a divergência entre os governos federal e estadual sobre qual imunizante deve ser aplicado como terceira...

Oito cidades da Grande SP mantêm vacinação contra Covid-19 no feriado da Independência

Barueri, Embu das Artes, Francisco Morato, Guararema, Itaquaquecetuba, Santana de Parnaíba, Santo André e São Caetano do Sul...

Vias da cidade de SP e rodovias registram congestionamento na véspera do feriado de 7 de Setembro

A Artesp prevê cerca de 5,1 milhões de veículos nas principais estradas que passam pela capital paulista. Trânsito...

Princesa das tintas, conheça a Syrah

A uva Syrah é tida como uma das castas mais antigas que existem. Marco Antonio Carbonari explica que,...