16.6 C
Taboão da Serra
segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioNotíciasImportância de políticas públicas voltadas para a maternidade: uma pauta defendida por...

Importância de políticas públicas voltadas para a maternidade: uma pauta defendida por Patrícia Borges

Candidatas mães seriam uma oportunidade para a veiculação de políticas públicas direcionadas? Patricia Borges, pré-candidata a deputada federal por São Paulo, entende que na política é de suma importante a atuação de mulheres, especialmente, mães que entendem as reais necessidades das maternidades e, além disso, compreendem os anseios das crianças e jovens. 

 

Com candidatas mães na política, tal como Patricia Borges, as políticas públicas terão maior direcionamento no que cerne a proteção à maternidade e à infância. Mas qual seria a importância disso no âmbito político?  Sabemos que a maior preocupação das mães no Brasil é quanto aos elevados índices de criminalidade que possuem relação direta com a evasão escolar.

 

Como candidata mãe, o que Patricia Borges propõe?

Sabemos que a pré-candidata é também ex-atleta, sendo conhecida por ser Campeã Mundial do Vôlei. Nesse contexto, com seus feitos atléticos e participação  no esporte, Patricia Borges tem a proposta de trazer o seu legado para a educação infantojuvenil, por meio do investimento do esporte nas escolas, para que assim a evasão escolar seja amenizada.

 

Acreditando que o esporte pode ser usado como ferramenta de transformação social, a pré-candidata a deputada federal criou o Instituto Patricia Borges, que leva seu nome e tem como finalidade trazer o esporte para escolinhas e creches. Sob esse viés, a ideia não é somente trazer entretenimento para as crianças, mas também propiciar saúde e bem-estar, além de ser um incentivo para cessar a evasão escolar tão frequente no país. 

 

E quanto a maternidade?

Sabemos que, na modernidade, as mulheres precisam lidar com uma tripla jornada para que consigam usufruir da mesma. Mas como pensar em políticas públicas voltadas para esse impasse? Para Patricia Borges, é preciso que as mães tenham o direito à saúde, segurança e políticas públicas para que não sejam sobrecarregadas nesse processo. Nesse contexto, é interessante pensar em programas que tratem de planejamento familiar e dê atenção, principalmente, para a área da saúde. 

 

Sabemos que as escolas e creches integrais têm sido importantes alternativas para essas mães, por isso, o investimento em políticas públicas nesse setor é de extrema relevância. Como explica a pré-candidata a deputada federal por São Paulo, o país ainda é precário na infraestrutura de escolas estaduais e municipais, o que reflete diretamente na vivência e no desenvolvimento de crianças e jovens.

 

Desse modo, podemos entender como eleger candidatas mães, especialmente para o cargo de deputado federal, é uma necessidade. Sendo assim, se deseja ter no cargo uma candidata que preza pelas pautas direcionadas à maternidade e infância, Patricia Borges tem sido a mais ideal. O Brasil precisa de uma deputada federal que proponha e fiscalize projetos pensando nos reais anseios da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

Mais notícias