23 C
Taboão da Serra
domingo, março 7, 2021
Início Economia Para aquecer vendas, aposta no Dia da Crianças está nas ‘lembrancinhas’

Para aquecer vendas, aposta no Dia da Crianças está nas ‘lembrancinhas’

As datas comemorativas, chamarizes de venda para o comércio, têm tido outra diretriz em 2020. Por causa da pandemia de coronavírus e a queda no rendimento das famílias, o que representa retração no consumo. Esse efeito, visto no dia das mães, dos namorados e dos pais, também vai afetar o Dia da Criança, comemorado na próxima segunda-feira. Apesar de pontos de venda físico estarem abertos e o comércio eletrônico ter crescido, a desaceleração é esperada. Segundo a Confederação Brasileira do Comércio (CNC), a queda deve ser em torno de 4,85%, a primeira em quatro anos para a data. Porém, há lojistas com expectativa mais otimista. A Ri Happy, maior rede de brinquedos, espera manter o mesmo ritmo de vendas de 2019. A rede contratou 1.700 temporários e investiu em trabalhar opções de presentes mais baratos – as lembrancinhas – com opções abaixo dos 20 reais, com a esperança de alavancar as vendas e não deixar a data passar em branco.

Com todo esse cenário de pandemia e crise global, tivemos itens exclusivos e lançamentos com preços que o cliente deseja e pode comprar. Foi necessário negociar com fornecedores para manter a rede sustentável e, ao mesmo tempo, garantir melhores preços”, afirma Sandra Haddad, gerente comercial da Ri Happy.

As vendas de jogos e quebra-cabeças, que triplicaram durante a pandemia, continuam em alta, assim como os jogos. Os brinquedos que servem como passatempo para as famílias que estão mais tempo em casa acabam sendo os mais procurados. Segundo a RiHappy, o jogo de cartas Uno, vendido a 19,99 reais, e o de tabuleiro Banco Imobiliário (119 reais) estão entre os mais procurados do ano. Além disso, presentes tradicionais como bonecas e carrinhos estão em alta, bem como a linha do Youtuber Luccas Neto, que no ano passado desbancou brinquedos mais conhecidos na lista dos mais vendidos. 

A rede investiu em digitalização durante a pandemia e no modelo de ship from store, que utiliza o estoque das lojas para enviar produtos comprados pela internet ao consumidor, agilizando o prazo de entrega. O número de visitas no e-commerce cresceu 140%. A rede também passou a vender brinquedos via WhatsApp, mas a presença do consumidor nas lojas física ainda é fundamental. Para o Dia das Crianças, as restrições provocadas pela pandemia são desafiadoras, mesmo com a modernização das formas de venda. “A restrição no horário de funcionamento das lojas e no número de pessoas reduz a capacidade vendas”, afirma o CEO da companhia, Ronado Pereira Junior. 

Natal 

A reação das vendas do comércio — mesmo que ainda estejam abaixo das expectativas projetadas para este ano antes da pandemia — fez com que a indústria se deparasse com um problema de entrega de produtos. Além do aquecimento, o dólar alto torna a produção mais cara. Grandes indústrias brasileiras alegam dificuldades para as entregas de fim de ano, entre elas, está a fabricante de brinquedos Estrela, conforme revelou o Radar Econômico

A Ri Happy afirma que ainda não fechou as compras para o Natal deste ano, por isso ainda não sente possíveis atrasos da indústria. “Para o Dia das Crianças, estamos totalmente abastecidos e recebemos todas as mercadorias (importados e nacionais). Sobre os preços, tivemos pequenos impactos em alguns produtos importados devido ao aumento do dólar, mas conseguimos negociar com os fornecedores para ter um mix de produtos acessível a diferentes perfis de clientes”, completa Haddad.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Mais notícias

Covid-19: Taboão da Serra endurece quarentena após regredir para a Fase Vermelha

Por Vera Sampaio A Prefeitura de Taboão da Serra aderiu às regras de endurecimento da quarentena estabelecidas pelo Governo do Estado de São Paulo e...

Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol

Por Wellton Máximo, da Agência Brasil O consumidor, afetado pelo preço da gasolina, também está tendo dificuldades para recorrer ao substituto imediato nos veículos...

Criança de sete anos morre por Covid-19 no HGP em Taboão da Serra

Uma menina de apenas sete anos foi a 411ª vítima fatal do coronavírus em Taboão da Serra. A criança estava internada no Hospital Geral...

Sindicato confirma quase 2 mil casos de covid-19 em rede de ensino do Estado

Elaine Patricia Cruz, da Agência Brasil Balanço feito pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) confirma que 1.952...