23.7 C
Taboão da Serra
quarta-feira, novembro 25, 2020
Início Política Universal apoia Kassio Nunes no STF: ‘Acréscimo à nossa Suprema Corte’

Universal apoia Kassio Nunes no STF: ‘Acréscimo à nossa Suprema Corte’

Comandada pelo bispo Edir Macedo, a Igreja Universal do Reino de Deus divulgou um texto nesta segunda-feira, dia 5, em apoio à indicação do desembargador Kassio Nunes Marques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Conforme a nota, a escolha formalizada pelo presidente Jair Bolsonaro “pode representar um acréscimo à nossa Suprema Corte, sempre no caminho do desejável equilíbrio que toda a sociedade brasileira demanda e espera do Poder Judiciário”. “Os bispos, pastores e os sete milhões de fiéis e simpatizantes da Universal no Brasil têm a expectativa de que o nome escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro, (…) saberá honrar a cadeira que ocupará no STF”, afirma.

Uma das maiores instituições neopentecostais do país, a igreja se posiciona em um momento em que intensificaram os ataques a Bolsonaro vindos de sua base aliada, sobretudo de segmentos evangélicos e olavistas. Ainda nesta segunda-feira, uma das vozes mais críticas à indicação, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, voltou a criticar a escolha de Kassio Nunes por sua ligação passada com nomes do PT – ele foi nomeado pela ex-presidente Dilma Rousseff para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) e é amigo do governador do Piauí, Wellington Dias (PT) – e pelo que ele considera “dubiedade” na defesa de pautas conservadoras.

Malafaia também revelou que, há cerca de um mês, ele e outras lideranças evangélicas entregaram a Bolsonaro uma lista tríplice de possíveis nomes ao STF que seriam “terrivelmente evangélicos”. Na ocasião, teria ouvido do presidente que ele “botaria alguém em quem tenha confiança devido a tudo isso que está ocorrendo”. Ficou subententido que o evangélico, então, seria escolhido para a segunda vaga do STF que deve ficar vaga em 2021 com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello.

Diante da enxurrada de críticas, Bolsonaro utilizou as redes sociais neste domingo para dizer que a sua escolha pelo desembargador do Piauí não tem volta e que ele está “100% alinhado comigo”. Malafaia criticou a atitude do presidente: “O presidente virou cabo eleitoral e advogado de indicado ao STF. Nem os presidentes petistas Lula e Dilma foram advogados de indicados. O presidente não pode descer a esse nível”, declarou.

Boa parte da bancada evangélica decidiu ficar em cima do muro e não se manifestar pela indicação – pelo menos por enquanto. Muitos parlamentares da frente religiosa integram o bloco de partidos conhecido como Centrão, que encampou a indicação de Nunes.

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Mais notícias

Taboão da Serra tem 9.726 infectados e 302 mortes por covid-19

Taboão da Serra registrou, nesta quarta-feira, dia 25, mais nove casos positivos de coronavírus, elevando o número de infectados na cidade para 9.726. As...

Acidente deixa ao menos 40 mortos em Taguaí, no Interior de São Paulo

Da Gazeta de S. Paulo Ao menos 40 pessoas morreram e outros se feriram em uma colisão entre um ônibus e um caminhão na manhã...

SPMAR promove ação de conscientização sobre o câncer de próstata no trecho Sul do Rodoanel

A concessionária SPMAR promoverá uma ação de saúde na próxima sexta-feira, dia 27, no trecho Sul do Rodoanel Mario Covas. A iniciativa integra o...

Morre o gênio Diego Armando Maradona, aos 60 anos, após parada cardiorrespiratória

Lincoln Chaves – Agência Brasil  Um dos maiores nomes do futebol mundial em todos os tempos, Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira (25), aos 60...