O Rio de Janeiro registrou no sábado, 01, mais 79 mortes pela Covid-19 e 1.718 novos casos da doença. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado de Saúde e se referem aos dados das últimas 24 horas. Com os novos registros, o estado totaliza, até o momento, 167.213 casos confirmados e 13.556 mortes pelo coronavírus. Há ainda 1.003 óbitos em investigação no território fluminense. Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), há riscos de que o estado vivencie uma segunda onda da Covid-19. A análise do órgão consta do Boletim InfoGripe referente à Semana Epidemiológica 30 (de 19 a 25 de julho) e foi realizada considerando os inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-gripe) até 28 de julho. Além do Rio, Maranhão e Amapá também podem viver um segundo pico da doença.

A maior parte das mortes registradas nas últimas 24 horas ocorreu na capital, 8.344, o equivalente a 61,5% do total no estado. São Gonçalo é a segunda cidade com mais mortos pela doença no estado, chegando a 593. Em seguida, Duque de Caxias, com 578; Nova Iguaçu, com 431; São João de Meriti, com 323; e, Niterói, com 309. Cambuci, Cantagalo, Cardoso Moreira, Comendador Levy Gasparian, Cordeiro, Duas Barras, Quatis e São Sebastião do Alto, registram uma morte cada. Em relação ao número de casos confirmados, a cidade do Rio tem 71.792 casos confirmados. Niterói aparece em segundo lugar, com 9.079 casos até o momento. Em seguida, está São Gonçalo, com 8.572; e Duque de Caxias, com 6.417. Com menos casos confirmados estão os municípios de São Sebastião do Alto, com 17 casos, e Rio das Flores, com 14.

*Com informações da Agência Brasil