SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Nasa despachou nesta quinta (30) mais uma de suas missões marcianas. O jipe Perseverance tem como foco o estudo das possibilidades de atividade biológica passada no planeta, enquanto pavimenta o caminho para o futuro da vida no planeta vermelho.

O lançamento, impulsionado por um foguete Atlas 5, aconteceu às 8h50 (de Brasília), a partir de Cabo Canaveral, na Flórida, dando início a uma jornada interplanetária de sete meses.

O jipe deve realizar sua tentativa de pouso no mundo vizinho em 18 de fevereiro de 2021. Até lá, não terá por que sentir solidão, sabendo que voam a seu lado, praticamente na mesma trajetória de transferência da Terra a Marte, uma espaçonave dos Emirados Árabes Unidos e outra da China.

Dos três participantes da atual jornada, aproveitando a janela que se abre a cada 26 meses para lançamentos até Marte (em razão do alinhamento planetário), a Nasa é, de longe, a mais consistente e tradicional.Para dar uma ideia disso, nos últimos 24 anos, a agência espacial americana só deixou de usar a janela marciana em duas ocasiões, em 2009 e em 2016.

Notícias ao Minuto© YouTube / NASA