19 C
Taboão da Serra
sábado, outubro 24, 2020
Início Política Os temores que cercaram o ‘jantar da paz’ entre Maia e Guedes

Os temores que cercaram o ‘jantar da paz’ entre Maia e Guedes

Antes do jantar da paz realizado na última segunda-feira entre Paulo Guedes e Rodrigo Maia, Arthur Lira — um dos líderes do Centrão —  tentou a todo custo convencer o Palácio do Planalto a abortar o convescote.

A aproximação de Maia com Guedes — e com o Planalto –, é péssimo negócio para Lira, que lutará contra o grupo de Maia pelo comando da Câmara.

Foi essa, inclusive, a justificativa para que o jantar fosse abortado: não influenciar na corrida sucessória da Casa.

ATUALIZAÇÃO, 19H30 — A assessoria de Arthur Lira nega que o deputado tenha atuado para derrubar o jantar da paz entre Guedes e Maia, como confirmaram ao Radar fontes do Planalto e articuladores do próprio convescote.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Mais notícias

Suspeito de cometer estupro se suicida em cela da delegacia em Taboão da Serra

Um jovem de 20 anos, suspeito de cometer estupro de vulnerável, foi encontrado morto em uma das celas do 1º Distrito Polical de Taboão...

Taboão da Serra contabiliza 19 novos casos de covid-19 e duas mortes nas últimas 24 horas

Taboão da Serra contabilizou mais duas mortes e 19 novos infectados por covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso o número de óbitos pela...

Programa Cidade Legal já beneficiou mais de 2,7 mil famílias de Taboão da Serra

Em mais um evento no Cemur, realizado em pequenos grupos de pessoas e com os protocolos de segurança, a prefeitura de Taboão da Serra...

Bandidos fazem ‘arrastão’ em ônibus em Embu das Artes

Três homens assaltaram um ônibus em Embu das Artes. O crime aconteceu na tarde de quarta-feira, dia 21. Um dos criminosos foi preso. ...